Java: o que é, para que serve e porque preciso dele?

Java: o que é, para que serve e porque preciso dele?

Java é uma das linguagens de programação mais populares e promissoras do mundo e nesse artigo você saberá tudo sobre ela! Continue lendo e saiba mais.

A linguagem java foi criada e comercializada pela Sun Microsystems em 1995 e atualmente mantida pela Oracle. Ela é definida como uma linguagem de programação orientada a objetos que é amplamente usada para o desenvolvimento de sites e aplicativos.

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, Java está presente na maioria dos lugares, entretanto, muitas pessoas não o conhecem ou sequer sabem que ele existe. Para desmistificar os receios em torno dessa linguagem e acabar de vez com todas as suas dúvidas, continue lendo e saiba o que é, para que serve e porque precisamos dele! 

Java: o que é?

Apesar de parecer um bicho de sete cabeças, você provavelmente já teve contato com essa linguagem de programação e nem imagina. 

Uma linguagem de programação Java permite que você escreva instruções para serem executadas pelos computadores. Essas instruções construídas em Java são chamadas de software, popularmente conhecido como programa de computador. 

Em resumo, software é o que permite a você controlar o hardware. Quando falamos de computador, devemos ter em mente que existem desde computadores grandiosos, até microcomputadores.  

A principal função do Java é construir aplicações em rede, como jogos e programas. Ou seja, um programador Java consegue projetar softwares que podem ser operados e distribuídos em múltiplas plataformas, como mac, windows e linux sem a necessidade de modificá-los e, inclusive, sem pensar na arquitetura da máquina.

Java: onde é utilizado?

Apesar de grande parte das pessoas não saberem, o Java em qualquer lugar e atualmente está presente em muitas coisas do nosso cotidiano, podendo encontrá-lo em:

  • Anéis: o anel smart ring é um clássico que “roda” programas de java no seu interior, lhe dando diversas opções de gestos para acessar um app, trocar de música ou bloquear a tela do seu smartphone;
  • Supercomputadores: responsável pelos trilhões de cálculos por segundo feitos os supercomputadores utilizam a linguagem java;
  • GPS: o próprio Google Maps foi criado utilizando a linguagem de programação Java;
  • Cartão de crédito: os cartões da Visa, por exemplo, utilizam a linguagem de programação Java;
  • Terminais lotéricos: ao realizar o pagamento de um boleto, você está utilizando a linguagem Java para efetuar essa ação;
  • Jogos: o java auxilia bastante no desenvolvimento de jogos, devido à sua versatilidade e tamanho de conteúdo.

Além disso, podemos criar aplicações embarcadas através do Java Embedded, aplicações mobile para Android através do Android SDK, aplicações desktop com o Java SE e ainda aplicações web e corporativas de larga escala através do Java EE. 

Java: por que utilizar? 

A escolha da linguagem de programação é uma decisão crucial na carreira de um programador, afinal, existem inúmeras linguagens de programação e algumas foram construídas para propósitos específicos, enquanto outras foram desenvolvidas única e exclusivamente para desenvolver páginas na internet.

Java é uma das poucas linguagens de programação que você pode utilizar para construir praticamente qualquer coisa

Um dos principais fatores que levam as pessoas a escolherem esse tipo de linguagem é a facilidade de aprender, além de ser extremamente poderosa, permitindo a você fazer vários tipos de programas com diferentes propósitos. 

Além disso, a linguagem de programação Java é madura, ou seja, você não corre o risco de estar escolhendo uma linguagem que possa desaparecer daqui a pouco tempo. O Java está em constante evolução e se mantém presente nas primeiras posições no ranking de linguagem de programação mais populares e promissoras do mundo. 

Além dos motivos citados acima, a demanda por profissionais qualificados está crescendo a cada ano e, se você deseja entrar no mercado de TI, tornar-se um programador Java será uma boa decisão para garantir empregabilidade e um salário promissor. 

De acordo com o Glassdoor, o salário médio de um desenvolvedor de Java no Brasil é de R$ 60.000,00 por ano e R$ 8.000 por mês para profissionais com cargo de desenvolvedor sênior. 

Java: onde posso trabalhar?

Segundo o levantamento da Brasscom, a procura por profissionais na área de TI é de 420 mil pessoas, até 2024, no país. Atualmente, segundo a entidade, o Brasil forma 46 mil profissionais com perfil tecnológico por ano, ou seja, sobram vagas e falta mão de obra.

A demanda por desenvolvedores é crescente nos mais diferentes segmentos, passando por indústrias, serviços e mercado financeiro.

Todas as gigantes de tech e varejo no mundo vão aumentar seus quadros de contratações. O segmento de meios de pagamento e aplicativos também criou uma demanda enorme por devs no pós-pandemia, devido ao crescimento da procura por produtos e serviços online.

A carreira de um desenvolvedor Java vai muito além do que podemos imaginar. O profissional dessa área tem um leque de possibilidades, podendo atuar desde a programação até níveis de gestão e liderança.

Geralmente, os profissionais começam no nível júnior, escrevendo códigos simples e entendendo o ciclo de vida das aplicações. Quando alcançam o nível pleno e sênior, já conseguem criar aplicações do começo ao fim.

Quando atingem a experiência necessária para exercer cargos de liderança, podem se tornar gerentes de desenvolvimento, arquitetos e engenheiros de TI. No estágio mais alto, podem atuar como diretor de tecnologia, sendo responsável pela visão estratégica, planejamento e execução dos projetos de tecnologia.

Java: o que é preciso para ser um desenvolvedor?

Se você não sabe absolutamente nada sobre Java e está perdido, fique tranquilo! Nós, da Mentorama, oferecemos todo o suporte necessário para você aprender a linguagem de programação mais amigável e procurada do mundo a partir do zero.

Para novatos que realizarem nosso curso, você vai conseguir uma posição júnior e iniciar uma carreira como desenvolvedor Java, encontrando um emprego na sua cidade ou trabalhando remotamente.

Para desenvolvedores iniciantes, você terá a oportunidade de crescer profissionalmente por meio de  comentários e conselhos valiosos de desenvolvedores experientes na área. 

Java: do zero ao PRO  consiste em um curso de 8 meses de aprendizagem na prática, mentores para corrigir as tarefas e dar recomendações para o seu desenvolvimento e o melhor de tudo: oportunidade de trabalho para os alunos.

Na área de desenvolvimento de software, o Inatel possui diversas oportunidades de trabalho e os alunos da Mentorama terão a oportunidade de participar do processo seletivo para concorrer às vagas de emprego como Especialista em Sistemas no Inatel para atuar em um projeto global em conjunto com uma multinacional do setor de Telecomunicações.

Após a conclusão do curso, você estará apto para: 

  • Escrever um código bem estruturado;
  • Escrever código usando princípios da POO;
  • Testar seu software;
  • Desenvolver aplicativos de desktop;
  • Trabalhar com versões no Git;
  • Associar aplicativo a um banco de dados;
  • Otimizar o desempenho do software;
  • Escrever aplicativos da web;
  • Criar aplicativos móveis.

Venha mudar o seu futuro com a Mentorama! Não deixe para amanhã a carreira de sucesso que você pode começar hoje mesmo. 

A Mentorama conta com um time de especialistas preparados para ouvir o seu desafio e transformá-lo em solução. Entre em contato com um de nossos especialistas e saiba mais!

REDAÇÃO MENTORAMA

Escrevemos sobre conceitos e notícias do mundo do design, programação, desenvolvimento de jogos, educação, desenvolvimento pessoal, carreira e negócios.
Inscreva-se em nosso blog

Não te mandaremos spam!
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments