Desenvolvedor Front-End: tudo sobre a profissão!

Desenvolvedor Front-End: tudo sobre a profissão!

O Desenvolvedor Front-End é uma das profissões mais requisitadas do Brasil e uma ótima oportunidade para quem deseja uma carreira de sucesso!

Sabe quando você acessa um site e fica impressionado com a usabilidade e experiência do usuário? Então, agradeça ao Desenvolvedor Front-End! Esse profissional é responsável por criar a interface de utilização de um site ou aplicação web, proporcionando uma melhor experiência para você.

O Desenvolvedor Front-End desempenha um papel de grande importância, afinal, ter um sistema super funcional no back-end é interessante, mas se ele não for atraente e de fácil acesso, de nada adianta. E é justamente nesse cenário que o front-end atua facilitando a usabilidade de um sistema web e mudando a experiência do usuário para melhor.

Se você está em busca de uma recolocação ou até mesmo de um desafio, tenho uma boa notícia para você: A carreira de Desenvolvedor Front-End só tem crescido e é uma ótima escolha para quem deseja investir em uma área promissora e bem remunerada. Continue lendo e saiba mais!

Desenvolvedor front-end e back-end: qual a diferença?

Antes de falarmos sobre o que é um desenvolvedor front-end, é importante esclarecermos a diferença entre front-end e back-end. Se, dentro de uma aplicação, você souber distinguir a diferença entre esses termos, já é um bom começo!

Back-end:

Quando falamos de back-end, estamos falando da parte que está por trás das interfaces, se comunicando com os servidores, guardando informação no banco de dados e definindo as regras do negócio.

Front-end:

Enquanto front-end refere-se a todo o conteúdo que fica visível para o público, ou seja, ele é responsável pela interação com o usuário. Para exemplificar, o layout, efeitos visuais e até mesmo a validação dos formulários do site que você visita são feitas por um Desenvolvedor Front-End. 

Apesar de serem diferentes, ambos se complementam e são igualmente importantes para o desenvolvimento de um site ou aplicação web de qualidade.

Desenvolvedor front-end: o que faz?

Falando especificamente em front-end developers, esses profissionais possuem o importante papel de criar páginas utilizando HTML, CSS e Javascript, normalmente utilizando um layout pré-definido por um designer. Ou seja, ser um Desenvolvedor Front-End exige muito trabalho em equipe com o intuito de oferecer a melhor experiência possível ao usuário.

Ser um Desenvolvedor Front-End requer muita atenção aos detalhes e, principalmente, espírito de equipe. O objetivo principal é garantir que o design esteja de acordo com o que foi pré-definido, ou que a usabilidade esteja fluida. O usuário é a prioridade desses profissionais, afinal, a experiência do usuário é crucial para mantê-lo em seu site.

O Desenvolvedor Front-End pode desempenhar várias funções dentro de uma empresa, entre as que mais comuns, podemos citar:

  • Garantindo o bom desempenho visual de um site;
  • Assegurando que os elementos gráficos do site fiquem semelhantes aos que foram pré-definidos pelo designer;
  • Verificando se a relação entre layout e código produzido está compatível e faz sentido;
  • Organizando a disposição textual e gráfica de um site/aplicação web;
  • Harmonizando a estrutura da página, equilibrando elementos visuais, como tamanho do cabeçalho, fonte da letra, tamanho do rodapé, número de colunas textuais/gráficas, cores e outros;
  • Proporcionando uma boa velocidade de processamento das informações visuais pelos diferentes hardwares.

Desenvolvedor front-end: onde posso trabalhar?

A carreira de Desenvolvedor Front-End está entre as profissões mais promissoras do mercado, consequência dos investimentos em transformação digital nas empresas e a disseminação de startups. 

A profissão de Desenvolvedor Front-End foi a mais procurada no Brasil por 3 anos consecutivos e, segundo o Indeed.com, o salário médio de um front-end no Brasil é de R$ 79.735 por ano!

Um Programador Front-End Júnior ganha em média R$ 4.008,91, o nível pleno recebe cerca de R$ 4.615,18, já o sênior tem uma média salarial de R$ 6.928,45 mensais de acordo com pesquisa do Salario.com.br junto aos dados oficiais do CAGED de profissionais demitidos no mercado de trabalho.

Segundo o levantamento da Brasscom, a procura por profissionais na área de TI é de 420 mil pessoas, até 2024, no país. Atualmente, segundo a entidade, o Brasil forma 46 mil profissionais com perfil tecnológico por ano, ou seja, sobram vagas e falta mão de obra.

Assim como ocorre com outros cargos na área de TI, o desenvolvedor front-end pode atuar em empresas de todos os tamanhos. Apesar disso, é mais comum encontrá-los em empresas mais novas, como startups.

Há espaço em várias áreas, como grandes empresas de software, departamentos de TI corporativos e empresas de serviços. Esses profissionais também podem atuar como consultores e autônomos para pequenas e médias empresas. Além de também haver espaço no meio acadêmico, para a realização de pesquisas. 

Esses profissionais tendem a encontrar oportunidades em grandes empresas de desenvolvimento de softwares e também em outros setores. O mercado automotivo, por exemplo, precisa de desenvolvedores para seus computadores de bordo. Além disso, é possível atuar de forma autônoma.

Desenvolvedor front-end: como se tornar um?

Para os entusiastas e futuros desenvolvedores, a boa notícia é que o mercado de trabalho para profissionais de front-end é altamente promissor e bem remunerado. Além disso, há muitas possibilidades de vagas na área, podendo atuar desde os níveis de conhecimento mais básicos, até o modo mais avançado.

A profissão de Desenvolvedor Front-End foi a mais procurada no Brasil por 3 anos consecutivos e, segundo o Indeed.com, o salário médio de um front-end no Brasil é de R$ 79.735 por ano!

Se você está em dúvida ou não sabe por onde começar, fique tranquilo! Nós oferecemos todo o suporte necessário para maximizar suas habilidades e transformá-los em sucesso.

Com o Desenvolvimento Front-End: do zero ao PRO, você aprenderá a marcação com o HTML, a estilização com o CSS e os básicos de interatividade com o JavaScript. Além disso, você terá a oportunidade de criar interfaces fáceis de usar e rápidas de carregar, que os usuários vão adorar.

São 6 meses de aprendizagem na prática, 20 módulos descrevendo cada passo, os melhores profissionais do mercado como mentores para acompanhar o seu projeto e 3 projetos para incluir no seu portfólio!

Após a conclusão do curso, você estará apto para:

  • Criar interfaces convenientes e apresentar a informação da melhor maneira possível;
  • Criar páginas web que serão igualmente lindas em qualquer navegador e qualquer dispositivo, desktop ou aparelho móvel;
  • Aprender as técnicas para prevenir o carregamento lento;
  • Dominar o JavaScript e habilitá-lo em suas interfaces para que sejam funcionais e interativas;
  • Aprender a trabalhar com o sistema de controle de versões — aplicar câmbios ao projeto ao mesmo tempo com outros desenvolvedores;
  • Tornar as páginas web mais atrativas e melhorar o UX com animações.

Incrível, não? Agora é a hora de tirar seus sonhos do papel e embarcar em uma carreira que pode te proporcionar no mínimo muito sucesso!

Nosso objetivo é transformar os seus desafios e dificuldades em solução! Entre em contato conosco agora mesmo e saiba como podemos ajudá-lo a se tornar um Desenvolvedor Front-End de sucesso.

REDAÇÃO MENTORAMA

Escrevemos sobre conceitos e notícias do mundo do design, programação, desenvolvimento de jogos, educação, desenvolvimento pessoal, carreira e negócios.
Inscreva-se em nosso blog

Não te mandaremos spam!
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments