"Nunca gostei de mesmice e a tecnologia sempre me causou curiosidade"

“A tecnologia sempre me causou curiosidade”

Confira entrevista feita com Melanie Miranda, desenvolvedora front-end e fundadora do “Lista das minas”, cujo foco é a inclusão de mulheres na tecnologia!

Melanie Miranda é desenvolvedora front-end, atua há seis anos na área de Tecnologia da Informação e fundou o “Lista das minas”, cujo foco é a inclusão de mulheres na tecnologia. Confira a entrevista feita com ela!

1. Como foi fazer a transição da área administrativa para a de desenvolvimento?

Desde pequena sempre achei fascinante tudo que envolvia computador, mas por conta da falta de recursos, fui para o lado administrativo, mas sempre ficava de olho nas novidades do mundo tech. 

Iniciei minha faculdade (Análise e Desenvolvimento de Sistemas), me formei, porém fui para a área de Suporte e Infraestrutura, no qual também gostava bastante, mas meu sonho mesmo era programar. 

Em 2019, eu já estava com quase 29 anos, fiz a transição de carreira, iniciei um Bootcamp, estudei bastante (E continuo estudando porque quem entra nessa área precisa sempre se atualizar), consegui migrar e estou até hoje me surpreendendo e amando essa área. 

2. O que brilhou seus olhos na área de desenvolvimento a ponto de escolhê-la como profissão?

Não gosto de mesmice e a tecnologia sempre me causou curiosidade. Então esse fato de sempre ter novidades me deixa apaixonada pela área.

3. De onde surgiu a ideia da Lista das Minas?

Quando entrei na área de programação, sempre procurei ajuda de comunidades, principalmente as que ajudam outras mulheres a entrarem em tecnologia. A fim de ajudar a compartilhar conhecimentos, sempre dei talk para o pessoal nos eventos e meetups, e muitas mulheres me perguntavam como poderiam ser acolhidas (Tecnicamente ou até mesmo de soft skills) e eu indicava as comunidades no qual conhecia. 

Com isso, vi a necessidade de centralizar as informações em um site onde elas poderiam consultar a hora que quisessem e ver todas as opções que temos hoje ativas e poder também enviar para outras meninas.

4. Como você descreveria a experiência de atuar em um projeto voltado para a inserção de mulheres na programação?

Agradecida, sempre fui muito acolhida por outras mulheres, sejam elas programadoras ou até mesmo líderes, e via naquilo uma troca positiva para minha carreira, e até mesmo força e admiração. Hoje saber um pouco mais e poder ajudar as que estão iniciando é algo incrível!

5. Como mulher e desenvolvedora front-end, quais os principais desafios que você enfrentou?

Sem dúvidas o ínicio era a Síndrome do Impostor, como disse, precisamos sempre estudar e treinar bastante, e achava que nunca iria ser boa bastante ou até mesmo achava que aquilo (programação) “era para pessoas inteligentes demais” e não era para mim. Lidar com isso e quebrar essa barreira foi a minha maior dificuldade, e eu consegui!

6. Qual foi o projeto mais marcante para a sua trajetória profissional?

Existem alguns no âmbito técnico do meu dia a dia, mas sem dúvidas a Lista das Minas é de longe o que mais sinto orgulho. 

7. Qual conselho você daria para as mulheres que querem seguir carreira na área de desenvolvimento?

Só vão! Não desistam! É difícil, mas é prazeroso. E não pense que é para pessoas “inteligentes”, são para pessoas curiosas e dedicadas. Se você tem esse perfil é bastante força de vontade, não importa a idade, só começam e vamos juntas! 

8. Quais são suas expectativas profissionais para o futuro?

Hoje quero me dedicar para conciliar meus estudos com minha “nova profissão”, que é a de ser mãe. Além disso, quero analisar junto com meus superiores, formas de aprimorar a parte de liderança de equipes ou até mesmo olhar para Produtos (Product Owner). Quero avançar e aproveitar também todos os instantes com meu Augusto.

REDAÇÃO MENTORAMA

Escrevemos sobre conceitos e notícias do mundo do design, programação, desenvolvimento de jogos, educação, desenvolvimento pessoal, carreira e negócios.
Inscreva-se em nosso blog

Não te mandaremos spam!
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments