8 linguagens de programação mais usadas no mercado

8 linguagens de programação mais usadas no mercado

Para ser um profissional de sucesso e se destacar no mercado, é fundamental conhecer os tipos de linguagens de programação existentes. Continue a leitura e saiba quais são eles!

 

Existe uma grande variedade de linguagens de programação, entretanto, é preciso saber identificar quais delas são mais adequadas para certos tipos de negócios e empresas. Além disso, é preciso ter cautela ao escolher o seu tipo de linguagem, afinal, ela pode não ser tão requisitada no mercado de trabalho.

Para ajudá-lo nessa missão (nada impossível!), selecionamos as oito linguagens de programação mais utilizadas no mercado e quais as diferenças entre elas. Continue lendo e saiba mais!

Linguagens de programação: o que são?

As linguagens de programação são padrões de codificação binária, com sintaxe e semânticas específicas. Graças a esses conjuntos de códigos e recursos, é possível criar programas e sistemas para resolver os mais diversos problemas do nosso cotidiano.

Para exemplificar: nós, seres humanos, nos comunicamos por meio de um idioma, enquanto isso, os computadores falam por meio da codificação binária. Para que ambos possam se comunicar, é necessário o auxílio de um intermediador: a linguagem de programação. 

Através dela, é possível programar  de uma forma que um programa de computador traduza as instruções para o computador. De outra forma, caso seja uma linguagem interpretada, as instruções seriam repassadas a um interpretador para a sua execução.

Em resumo, as linguagens de programação existem para ser o canal de comunicação de um programador com o hardware. 

Linguagens de programação: quais os tipos?

Agora que você já compreendeu o que são as linguagens de programação e com qual propósito elas surgiram, vamos conhecer quais os tipos:

Java

Java nada mais é do que um tipo de linguagem de programação criada e comercializada pela Sun Microsystems em 1995 e atualmente mantida pela Oracle. Ela é definida como uma linguagem de programação orientada a objetos que é amplamente usada para o desenvolvimento de sites e aplicativos.

A principal função do Java é construir aplicações em rede, como jogos e programas. Ou seja, um programador Java consegue projetar softwares que podem ser operados e distribuídos em múltiplas plataformas, como mac, windows e linux sem a necessidade de modificá-los e, inclusive, sem pensar na arquitetura da máquina.

JavaScript 

Também conhecida como JS, JavaScript é uma linguagem de programação usada para desenvolver aplicações, sistemas e serviços de alta complexidade. Ela é uma das linguagens mais populares e isso é dado pelo fato dela possuir uma curva de aprendizado consideravelmente fácil, por mais que a linguagem tenha as suas particularidades. 

Sabe quando você passa o mouse em um ítem do menu, e aparece um submenu com vários outros itens? Isso ocorre graças ao JavaScript. Usando essa linguagem, é possível incluir, em uma página estática, elementos dinâmicos como mapas, formulários, operações numéricas, animações, infográficos interativos e muito mais.

Python

Python é uma linguagem de programação que pode ser utilizada para as mais diversas aplicações, entre algumas delas: o Google Maps que foi desenvolvido utilizando a linguagem de programação Python, o desenvolvimento de sites e portais e o Google que utiliza essa linguagem para realizar a busca na web.  

Ela foi projetada visando ser de fácil leitura e utilização, contendo uma quantidade de códigos muito menor do que os códigos feitos em Java e C + +, por exemplo.

O Python é muito semelhante à língua inglesa, além de ser utilizado por diversas empresas e instituições bem sucedidas no mercado, como Google, Youtube e até mesmo a NASA!

Linguagem C

Sendo bastante comum no ambiente acadêmico, é com a linguagem C que o estudante aprende a lógica de criação de algoritmos, por ser intuitivo e de fácil aprendizado. Não é necessário montar um ambiente local na máquina para executá-lo, afinal, a maioria dos sistemas operacionais já o utilizam como base.

Apesar de não ser a linguagem ideal para algumas aplicações, é possível fazer de tudo um pouco com a linguagem C. Uma de suas características é a modularidade: são diversos blocos em que as funções não estão interligadas. O exemplo mais conhecido de uso é o sistema operacional Linux.

PHP

Quando falamos em websites, a linguagem de programação PHP é uma das mais indicadas e utilizadas. Você provavelmente já usou o Facebook e o WordPress, não é mesmo? Muitos profissionais da área utilizaram o PHP para aprimorá-los. 

Em resumo, PHP é uma linguagem de programação utilizada por programadores e desenvolvedores para construir sites dinâmicos, extensões de integração de aplicações e agilizar o desenvolvimento de um sistema.

SQL

Um dos recursos mais conhecidos do mundo, o SQL ou Structured Query Language, tem como principal objetivo manipular bancos de dados de um modo ágil e descomplicado. 

Essa linguagem de programação foi criada para que os programadores pudessem simultaneamente, acessar, consultar e modificar os dados estruturais de uma empresa ou organização. 

Além disso, ela é utilizada para realizar tarefas complexas, como por exemplo, escrever queries e fazer consultas ou manipulações. No entanto, ela também pode executar tarefas simples em tabelas.

C#

Essa linguagem de programação é uma das mais populares no mercado, principalmente na área de desenvolvimento de games. Essa linguagem surgiu para facilitar o processo de desenvolvimento, tendo inúmeros recursos que proporcionam uma grande produtividade para os desenvolvedores que a utilizam.

C# nada mais é do que uma linguagem de programação orientada a objetos desenvolvida pela Microsoft, que roda sobre o .NET. que nos permite criar diversos tipos de aplicações, tais como, aplicações web, desktop, mobile, IoT e outras.

C++

O C++ pode ser considerado uma versão mais atual do C, além de ser bastante utilizado no desenvolvimento de softwares mais pesados, como sistemas integrados (CRM), aplicações que promovem interação entre cliente e servidor ou jogos para computador, entre outros.

Ele pode ser efetivamente aplicado a qualquer tarefa de programação; Há vários compiladores para diversas plataformas tornando a linguagem uma opção para programas multiplataforma. Com ele, é possível desenvolver games, compiladores, editores, ferramentas de programação, programas de redes e muito mais.

Curtiu o conteúdo? Se você tem interesse na área de programação, não deixe para amanhã a carreira de sucesso que você pode iniciar hoje! Nós, da Mentorama, oferecemos todo o suporte necessário para que você aprenda do zero as linguagens de programação  mais modernas e desejadas do momento.

Quer saber o melhor de tudo? Você aprenderá com os melhores mentores do mercado de programação do Brasil. Embarque nesta missão conosco e se torne um profissional em poucos meses.

Nosso objetivo é transformar os seus desafios e dificuldades em solução! Entre em contato conosco agora mesmo e saiba como podemos ajudá-lo.

REDAÇÃO MENTORAMA

Escrevemos sobre conceitos e notícias do mundo do design, programação, desenvolvimento de jogos, educação, desenvolvimento pessoal, carreira e negócios.
Inscreva-se em nosso blog

Não te mandaremos spam!
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments