Categorias
Carreira

Da sala de aula até a defesa do projeto: A jornada dos formandos do curso de UX Design

Toda jornada tem início, meio e fim. A defesa do projeto final é o final da jornada de alguns de nossos alunos com a Mentorama, mas o início de uma nova fase no mercado de trabalho. 

A Mentorama se orgulha em  fazer parte da trajetória de diferentes pessoas que buscam novos horizontes na vida profissional. Para celebrar este momento marcante na vida de todos, conversamos com alguns alunos que nos  contaram mais detalhes sobre os desafios e a emoção de concluir o curso de UX Design. Continue lendo e confira!

O caminho

Rafael Yamanouti, 25 anos, destacou que “A jornada foi repleta de desafios pelo caminho”, e lembrou dos altos e baixos “como uma boa história deve ser!”

Arianne Anabuki, 35 anos, afirmou a importância do aprendizado durante todas as fases do curso e lembrou como o curso e outras atividades foram importantes em seu processo de migração do Marketing para o Design: “Eu venho de um background de marketing e esse foi meu primeiro curso de UX Design. Além do conteúdo online das aulas pré-gravadas, consumi muito conteúdo de webinars da Mentorama, links disponibilizados pela tutoria no Discord e pratiquei com os exercícios dos módulos.”

Segundo ela, o projeto final foi excelente para treinar o desenvolvimento completo dos processos de UX, desde a pesquisa à entrega de protótipo. Arianne também destaca os tutores e mentores, afirmando que “Todos sempre foram muito zelosos com os alunos no canal do Telegram. Receber o feedback dos mentores ao vivo é muito gratificante e importante para o nosso desenvolvimento profissional. As devolutivas dos tutores durante o curso também foram ótimas, com vídeos explicativos dos trabalhos. Adorei toda a experiência!”

Rafael também destacou a importância dos mentores no processo: “Acho que a parte mais legal foi o finzinho, principalmente pelo  projeto final e o desenvolvimento do trabalho de conclusão ter o  auxílio de ótimos mentores, em especial o Gabriel da Duck Design Studio.”

Desafios

Mas como toda boa jornada, o herói tem que enfrentar algumas dificuldades no processo antes de alcançar o grande objetivo. Felipe Barretti, 27 anos, destacou que um dos principais desafios encontrados foi compreender como uma pesquisa resulta em uma solução digital: “Eu tinha bastante receio de fazer UI, mas como UX Designer você não pode fugir disso, e quando eu comecei a transformar as pesquisas em soluções, eu fiquei extremamente satisfeito” completa.

A gestão do tempo é fundamental para conciliar o cotidiano com os estudos. Esse ponto foi lembrado pelo Fabrício Carvalho, 20 anos: “O meu maior desafio foi a gestão do tempo. Mas resolver isso foi bem simples. Os módulos dos cursos são divididos em aulas curtas, mas completas. E isso garantiu que eu conseguisse estudar pelo menos 1 aula por dia.”

Fabrício também ressalta que o tempo de um mês para a realização do projeto final “foi mais que suficiente!”

A história continua

Toda boa saga tem uma continuação, os próximos capítulos em uma nova carreira ainda serão escritos. Mas se depender da Marianna Oliva, os próximos passos serão de constante evolução.  

Aos 27 anos, ela destaca a importância de estar constantemente  atualizada para enfrentar os desafios do mercado de trabalho: “Vou me inserir no mercado, continuar meus estudos na área e aprimorar minhas soft e hard skills. Como a área de tecnologia e experiência do usuário estão sempre em inovação, temos que estar sempre estudando e atentos às tendências de mercado.”

A todos os nossos formandos, o nosso muito obrigado e sucesso! 🚀