Categorias
Gamedev

Ubisoft: Três franquias, uma teoria

E aí galera que não larga o controle e que está sempre com o mouse afiado! Hoje nós vamos falar sobre uma das maiores teorias da conspiração dos últimos anos: A Teoria Ubisoft.

A Ubisoft é uma desenvolvedora de games francesa e nas últimas décadas lançou franquias que se consagraram no universo gamer, como: Assassin’s Creed, Far Cry, Watch Dogs, Just Dance, Rainbow Six, além do saudoso Prince of Persia (saudades PS2). 

Porém, nos últimos anos, começou a rolar um boato de  que todos os jogos da franquia estão no mesmo universo, ou seja, todos os eventos estão interligados.

Ok, nós sabemos que a internet é lotada de teorias da conspiração, mas isso começou a fazer sentido há algum tempo. O ano era 2012, o mundo estava beirando o seu fim por causa do famigerado Calendário Maia e o primeiro Far Cry era lançado. O protagonista, Jason Brody, tinha a habilidade de enxergar através de objetos sólidos. 

Até aí tudo parecia normal, se não fosse por um detalhe: essa habilidade é bem característica do jogo da franquia Assassin ‘s Creed, onde os protagonistas fazem parte de uma ordem milenar de assassinos e enfrentam secretamente outra ordem milenar, a dos Templários.

Essa guerra envolve anônimos, celebridades, personagens históricos e uma raça humanóide que viveu há 75 mil anos na Terra (ufa). 

Durante os eventos de Far Cry 3, Jason perde seu dedo anelar, justamente o mesmo que falta nos membros da ordem dos assassinos. É importante ressaltar que até esse ponto as pessoas ficavam em dúvidas sobre a teoria, pois poderia ser simplesmente uma referência que a Ubisoft havia colocado. 

Entretanto, a história começa a ficar ainda mais interessante quando chega  a DLC do Far Cry 3 com uma instalação da Abstergo e notas sobre memória genética, conectando novamente ao universo de Assassin ‘s Creed. 

Ainda em Far Cry 3, nós temos uma adaga chinesa, muito semelhante aos artefatos ancestrais de AC. Enquanto em  Far Cry 4 temos a lenda de um objeto brilhante que controla mentes, igual as Peças do Éden, presentes em Assassin ‘s Creed. Falando em artefatos e Peças do Éden, existe uma grande possibilidade de que Prince of Persia também esteja nesse meio.

Uma vez é acidente, duas é coincidência e três é Ubisoft!

Em Assassin ‘s Creed IV: Black Flag, o jogo nos apresenta Olivier Garneau, diretor da Abstergo. Em certo momento, ele vai para uma reunião e simplesmente desaparece. Em seguida,  ele aparece em Watch_Dogs, quando é assassinado pelo protagonista em uma missão secundária. 

Esse evento ligou oficialmente as três franquias da Ubisoft e explodiu a cabeça dos fãs. Em  Assassin ‘s Creed: Origins, é possível encontrar uma foto mostrando Aiden, protagonista de Watch_Dogs, assassinando Olivier. 

Conspiração ou surto coletivo?

Bom, dado os fatos, provavelmente tudo começou como uma simples brincadeira entre os produtores de cada franquia. Porém, os easter eggs saíram do controle e agora estamos falando de um universo compartilhado.

A verdade é que as possibilidades de explorar são infinitas. Será que a Ubisoft vai sustentar isso? Teremos que esperar os próximos títulos da empresa.

Ah, não esqueça de deixar sua opinião sobre essa teoria nos comentários! Vou adorar saber.