Categorias
Gamedev

Designer de Games: tudo sobre a carreira e profissão!

Você já pensou em transformar a sua paixão por games em profissão e ser muito bem remunerado por isso? Parece mentira, mas não é. A hora de ingressar na carreira de Designer de Games  é aqui e agora!

Para os entusiastas de plantão, trago boas notícias: a primeira é que você será muito bem pago e a segunda é que não lhe faltará trabalho: a área de Design de Games é o segundo maior mercado na América Latina e uma das áreas mais promissoras e bem requisitadas do momento. Continue lendo e saiba tudo sobre o curso, o que faz e como é o mercado de trabalho!

Designer de Games: o que faz?

O Designer de Games é responsável por criar e desenvolver jogos eletrônicos para computadores, celulares, tablets ou consoles de videogame. Além de atuar no desenvolvimento de jogos recreativos, ele constrói games que tenham um propósito, seja para entretenimento, publicidade, educação ou empresas. 

O Designer de Games desempenha um importante papel fazendo parte de todos os processos do desenvolvimento de um jogo, atuando desde a criação da ideia até a divulgação. Por esse motivo, esse profissional deve ter conhecimento sobre um pouco de tudo: programação, marketing, narrativa, design, roteiro e música.

Para isso, ele deve analisar as tendências do mercado, o comportamento e as características do grupo a qual competem o jogo. O profissional de Design de Games não cuida apenas do roteiro e dos cenários, mas também das tecnologias de modelagem e da linguagem multimídia, que compreendem som e imagem.

Designer de Games: qual é o perfil?

Quem faz Design de Games precisa saber trabalhar em equipe, estar por dentro da tecnologia, ter apreço pelo mundo gamer para criar jogos realmente interessantes e inovadores, saber um pouco de programação, ter uma boa relação com a matemática, além de ter uma noção de roteiros, criação de histórias e design gráfico. 

Ou seja, o profissional interessado na área de design de games precisa ter uma visão ampla do jogo, sabendo como cada elemento se encaixa com os outros. Enquanto um programador de jogos se dedica somente ao código, por exemplo, o Designer de Games precisa conhecer todos os aspectos de desenvolvimento do jogo.

Designer de Games: como é o mercado de trabalho?

O Brasil é o 11º maior mercado de jogos digitais do mundo. Em termos de crescimento da indústria de desenvolvimento de games, o Brasil fica atrás apenas do México.

A carreira de design de games é, sem dúvidas, uma das mais promissoras e bem remuneradas, isso porque a demanda por profissionais da área só cresce. A estimativa, segundo a pesquisa global de entretenimento e mídia, da PricewaterhouseCoopers (PwC), é que o mercado de games no Brasil cresça em torno de 5,3% até 2022.

Segundo o Glassdoor, R$ 4.275,00 é a média salarial de um Designer de Games no Brasil, até R$ 9.000,00 para um Head Designer.

Designer de Games: onde posso trabalhar?

O profissional dessa área pode trabalhar em diferentes segmentos, podendo atuar em:

  • Gameplay: aprenda a criar um jogo animador, para que os jogadores não fiquem entediados, trabalhando no enredo e na construção dos personagens e heróis;
  • Equilíbrio:  aprenda a criar regras que sejam justas para o jogador, equilibrando o sistema de desafios e recompensas;
  • Mecanismo do jogo: aprenda como os dois melhores mecanismos de jogos atuais, Unreal Engine 4 e Unity, funcionam e como criar game com eles;
  • Trabalho em equipe: tenha uma ideia da estrutura do estúdio de criação e a função dos participantes do projeto e aprenda a falar a mesma língua que eles e a estabelecer decisões claras;
  • Fazendo o protótipo: aprenda o básico do mecanismo de game e saiba como testar ideias para aprimorar o game, formulando hipóteses e testando;
  • Lançamento: Consiga analisar o mercado, aprenda a trabalhar com um editor e calcular riscos, promovendo um projeto e desenvolvendo um modelo financeiro.

As principais vagas estão em desenvolvedoras de jogos, que contrata o especialista para atuar na criação dos games, definindo roteiro, tema, gênero, número de fases e desafios. Mas também é possível atuar em agências de publicidade, estúdios de arte e animação, produtoras de vídeo e cinema, produtoras de sites para a internet e até mesmo em agências de desenvolvimento de software.

Além disso, muitos profissionais da área se reúnem para criar pequenos estúdios com o intuito de produzir games vendidos pela internet para jogadores do Brasil e do resto do mundo. 

Designer de Games: como posso me tornar um?

Como pudemos ver, são inúmeras as possibilidades para os futuros designers de games. 

Se você está em dúvida ou não sabe por onde começar, fique tranquilo! Nós oferecemos todo o suporte necessário para maximizar suas habilidades e transformá-los em sucesso.

Com o Design de Games: do zero ao PRO, você dominará o fascinante processo da criação de um game, atuando desde o desenvolvimento do conceito e implementação de mecânicas até a prototipagem, balanceamento e processo de publicação! 

Como? Você contará com a mentoria de líderes da indústria de jogos e, até o final do curso, irá criar o seu próprio portfólio de Game Designer que será avaliado por empregadores em potencial.

São 8 meses aprendendo na prática, um jogo real para turbinar seu portfólio e o auxílio de um mentor expert na área para acompanhar seu progresso de perto, corrigindo tarefas e dando dicas para o seu desenvolvimento profissional.

Sua expertise após o curso:

  • Gameplay: aprenda a criar um jogo animador, para que os jogadores não fiquem entediados, trabalhando no enredo e na construção dos personagens e heróis;
  • Equilíbrio:  aprenda a criar regras que sejam justas para o jogador, equilibrando o sistema de desafios e recompensas;
  • Mecanismo do jogo: aprenda como os dois melhores mecanismos de jogos atuais, Unreal Engine 4 e Unity, funcionam e como criar game com eles;
  • Trabalho em equipe: tenha uma ideia da estrutura do estúdio de criação e a função dos participantes do projeto e aprenda a falar a mesma língua que eles e a estabelecer decisões claras;
  • Fazendo o protótipo: aprenda o básico do mecanismo de game e saiba como testar ideias para aprimorar o game, formulando hipóteses e testando;
  • Lançamento: Consiga analisar o mercado, aprenda a trabalhar com um editor e calcular riscos, promovendo um projeto e desenvolvendo um modelo financeiro.

Incrível, não? Agora é a hora de tirar seus sonhos do papel e embarcar em uma carreira que pode te proporcionar no mínimo muito sucesso!

Nosso objetivo é transformar os seus desafios e dificuldades em solução! Entre em contato conosco agora mesmo e saiba como podemos ajudá-lo a se tornar um Designer de Games.